1ª Coríntios 12:14:31

Introdução

• O país está separado por posições políticas;
• As igrejas estão separadas por doutrinas e tradições;
• Os indivíduos estão separados por seus egos e desejos. “Os tijolos, quando ainda no depósito, empilhados, têm a mesma forma, são uniformes, mas não estão unidos, só estarão unidos depois de aplicada a argamassa para uma construção. Precisa haver uma liga entre eles para estarem unidos.”

Unidade não significa uniformidade

• O exemplo do corpo nos faz entender a diferença entre as partes e suas funções;
• A unidade não significa a uniformidade;
• Uniformidade – a mesma forma
• Unidade – não pode ser dividido Um membro não pode reivindicar para si a função de outro ou desejar exercer todas as funções do corpo.
• No primeiro versículo que lemos a unidade do corpo é comparada a Cristo.
Para a unidade, é exigida uma divisão • O ensino das Escrituras é que vivenciemos a unidade na diversidade e na pluralidade de dons e chamados. (vers.29-30) • Reconhecer a importância da diversidade Cristã, nos leva a uma obra mais excelente. • Cada membro do corpo tem uma função excelente que pode abençoar ou amaldiçoar todo o resto.

Nossa função vem de Deus

• Deus nos colocou onde e como ele quis (v.18);
• Independente da sua atuação, você é necessário (v.21-24);
• Um membro tem que se importar e cuidar do outro (v.25-26);
• Quando juntos somos corpo de Cristo, individualmente somos seus membros (v.27);

Considerações

“E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas” (1 Co.12.28).
“Porventura são todos apóstolos? São todos profetas? São todos doutores? São todos operadores de milagres? ” (1 Co.12.29)
“Têm todos o dom de curar? Falam todos diversas línguas? Interpretam todos?” (1 Co.12.30)

Consideração Final

“Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente.” (1 Co.12.31)